Mujeres Rurales


Sobre Saberes e Sabores

Na América Latina e Caribe, onde a fome convive com a obesidade, as mulheres são a metade de nossa força para não deixar ninguém para trás e avançar em direção a um mundo menos desigual.

No campo, longe ou perto das cidades, as mulheres produzem alimentos que conservam saberes ancestrais e compartilham sabores que trazem as memórias afetivas dos bons momentos vividos nas casas de nossas avós.

O bolo de milho no café da manhã, o mungunzá, a tapioca, o pão de queijo, o pé de moleque, a pamonha, a polenta, o tacacá, o tucupi, o arroz com pequi, o frango com quiabo, ... Por trás de todos esses sabores estão o trabalho, o esforço empreendedor e os saberes das mulheres rurais deste imenso e diverso país.

São sabores que alimentam a família, que estreitam as relações sociais e que demonstram o potencial econômico de inúmeras comunidades rurais em nossa região.

Desde a produção, à transformação e preparação dos alimentos, os conhecimentos das mulheres rurais não só contribuem para uma alimentação saudável e variada, como também nos lembram o quanto é importante proteger a biodiversidade agrícola da região.

Saberes e sabores é um tributo às mulheres rurais, indígenas e afrodescendentes, mas também um chamado a escutar o que se tem a contar sobre a alimentação na nossa região.

Trata-se de uma atividade da campanha regional #MulheresRurais, Mulheres com Direitos, que representa um esforço coletivo para visibilizar as conquistas e os desafios para o empoderamento e a autonomia plena de todas as mulheres no mundo rural.

É uma convocatória aberta para destacar a importância das mulheres rurais na promoção de uma alimentação tradicional e saudável.

A convocatória também busca difundir experiências positivas de empreendimentos rurais onde as mulheres, com seus produtos e serviços, contribuem para a proteção da biodiversidade na agricultura.

Você conhece uma receita tradicional e saudável? Compartilhe! você faz parte de um empreendimento rural sustentável? Conte-nos a sua experiência!

As inscrições estarão abertas até o dia 30 de setembro de 2018.

Toda semana, Saberes e Sabores difundirá receitas inspiradoras de mulheres rurais e também experiências exitosas de empreendimentos rurais.

As Mulheres que alimentam
a América latina e O Caribe

“Quando olhamos a terra, enxergamos cultivos, trabalhos de cuidado e saberes que nos permitem fazer pontes entre o campo e a cidade.

As mulheres têm a capacidade de alimentar a todos e se encarregam de tudo, convertendo-se no ponto mais frágil das «crises alimentares» nas quais o sistema nos mergulha.

Não se reconhece a importância dos seus saberes bioculturais. A força do trabalho que elas incorporam ao sistema de produção é completamente desvalorizada. Também não se reconhece todo o trabalho de cuidado que realizam no dia a dia, nem elas mesmas, nem suas famílias ou comunidades, muito menos o resto da sociedade…”


Coletivo de Mulheres e Milho, de Amatenango del Valle, México. 2017.

Participe


Você pode participar em qualquer uma das duas categorias de Saberes e sabores:

Saberes gastronômicos

Receitas e preparo de alimentos saudáveis e tradicionais

Empreendimentos rurais

Empreendimentos de mulheres rurais: produtos e serviços que promovam a proteção da biodiversidade.

Divulgue

Contribua para que #SabereseSabores chegue às mulheres rurais, indígenas e afrodescendentes da América Latina e Caribe.

Baixe a apresentação sobre a convocatória e compartilhe com seus contatos os conteúdos das categorias definidas no concurso: Sabores e Empreendimentos Rurais.

Baixe e compartilhe as Receitas de 2017.


Baixe a presentação e divulgue esta convocatória com seus contatos e redes.

Sabores gastronômicos







Baixe as receitas de Saberes gastronômicos
para compartilhar nas redes sociais:



Empreendimentos rurais






Baixe o arquivo de Empreendimentos Rurais
para compartilhar nas redes sociais:

Sabores que inspiram

Veja algumas receitas tradicionais da América Latina e Caribe e motive-se a nos enviar a sua ou a de alguém que você conheça.

Ceviche Lafkenche de Kollof o Cochayuyo

Chile

Empanadas de Kumandá yvyra’i o poroto palito

Paraguay

Verdolaga guisada

Guatemala

empreendimentos inspiradores

Veja algumas experiências empreendedoras de mulheres rurais e inspire-se a nos contar a sua ou a de alguém que você conheça.

Café de pinhão

Chile

Chácara Canela e Sol

Chile

Histórias

Conheça algumas histórias sobre mulheres e alimentos rurais.

  • Teresa Corção

    Ecochef do Restaurante O Navegador e Presidente do Instituto Maniva

    "Existe uma riqueza que ainda é pouco conhecida nos grandes centros urbanos e no mundo da gastronomia, dos chefes de cozinha, que são as receitas regionais, os detentores desse saber e a biodiversidade atrelada. As receitas que passam de mãe para filha é muito mais do que uma receita, é uma passagem de valor, é um patrimônio da família que vai passando de geração para geração".

  • María Luzinete Doria Silva

    Povoado Lagoa da Volta, Porto da Folha, Sergipe/Brasil

    "A Moringa é rica em potássio e ferro, ajuda a combater a anemia e a ganhar peso em caso de desnutrição. Tem um alto valor nutritivo e pode ser usada em pratos salgados como feijão, macarrão e saladas, ou em pratos doces como pudim e bolos. Pode-se tomar o suco de moringa com cenoura. Toda a comunidade cultiva a Moringa, mas são poucos que a usam para alimentação humana".

  • Paul Juvena

    Zona Haut-Bedou / Haití

    "Em quase todas as casas de Haut-Bedou e em outras partes do Haiti, a mandioca é essencial para a alimentação diária. Nas casas pobres, se toma o café da manhã com banana ou manteiga de amendoim, pois tem contribuição importante para a alimentação das crianças".

  • Juliana Cristina de Sousa

    Pipiripau, DF - Brasil

    “Como agricultoras familiares precisamos transformar nosso ambiente em um território livre de desperdício, de fome, de miséria e desnutrição. Um lugar onde todo mundo tenha comida de qualidade em todos os momentos da vida e com diversidade de produção”.

  • Conte-nos a
    sua história

Mujeres Rurales